Auditores internos, policiais civis e federais debatem o combate à corrupção em Santa Catarina

Começa nesta quarta-feira (6), a primeira edição do Congresso Estadual de Combate à Corrupção, em Florianópolis. A iniciativa reúne especialistas e servidores públicos catarinenses para debater, durante três dias, os novos mecanismos de trabalho disponíveis para atuar nessa área, assim como difundir o espírito de combate a ilegalidades. A cerimônia de abertura será às 13 horas na sede da Associação dos Delegados de Polícia de Santa Catarina (Acadepol/SC).

Entre os destaques da programação, a palestra do auditor interno do Poder Executivo César Cavalli sobre o controle das transferências voluntárias do Estado de Santa Catarina. Cavalli é gerente de Auditoria de Recursos Antecipados (GERAN), da Diretoria de Auditoria Geral (DIAG), setor que, entre outras atribuições, é responsável pela coordenação do portal SCtransferências. A ferramenta é utilizada para divulgar os dados relativos aos repasses feitos pelo Governo do Estado e objetiva informar a sociedade a respeito da aplicação dos recursos públicos.

Participam também da programação diversos membros da Polícia Civil, da Polícia Federal, da Controladoria Geral da União (CGU) e jornalistas. O encerramento está previsto para sexta-feira (8), às 11h15, com a palestra do colunista Moacir Pereira sobre o papel da imprensa e da opinião pública no combate à corrupção, sob a ótica da Lava Jato. Aliás, a operação lava jato é um dos principais temas do terceiro dia.

O congresso é resultado da parceria entre o Sindicato dos Auditores Internos do Poder Executivo (Sindiauditoria), Acadepol/SC e Associação dos Delegados da Polícia Federal. Confira a programação completa:

PROGRAMAÇÃO

Quarta-feira, 6 de abril

13h30 – Abertura com o secretário de Segurança do Estado de Santa Catarina, promotor de Justiça César Augusto Grubba.

14h00 – Palestra com Rodrigo Raiser Schneider – Delegado de Polícia Civil – Tema: Mecanismos de combate à corrupção.

15h30 – Intervalo

16h00 – Palestra com Marcelo Silva – Controladoria Geral da União – Tema: Atuação da CGU na máfia dos fiscais de São Paulo.

17h00 – Encerramento.

Quinta-feira, 7 de abril

9h00 – Abertura com o secretário adjunto da Segurança Pública de Santa Catarina, Delegado Aldo Pinheiro.

9h30 – Palestra com César Cavalli – Auditor Interno do Poder Executivo – Tema:  O controle das transferências voluntárias do Estado de Santa Catarina.

10h30 – Palestra com o jornalista Hélio Costa – Tema:  Relação da Imprensa com a Polícia Civil.

11h30 – Palestra com o jornalista Diogo Vargas – Tema:  A importância do Jornalismo Investigativo.

12h00 – Intervalo para almoço.

14h00 – Palestra com o Delegado da Polícia Civil Rodolfo Laterza.

15h30 – Intervalo.

16h00 – Palestra com o jornalista Roberto Azevedo – Tema: A importância da imprensa na Operação Lava Jato.

17h00 – Palestra com o juiz de Direito e presidente do Júri do Rio de Janeiro, Alexandre Abrahão.

18h00 – Encerramento.

Sexta-feira, 8 de abril

8h30 – Abertura com o presidente da ADEPOL-SC, delegado de Polícia Civil Ulisses Gabriel.

8h45 – Palestra com o Delegado de Polícia Federal, Eduardo Mauat – Tema: O impacto da operação Lava Jato.

9h30 – Palestra com o Delegado de Polícia Federal, Márcio Anselmo – Tema: Combate à corrupção e o início da Lava Jato.

10h15 – Intervalo.

10h30 – Palestra a Delegada de Polícia Federal com Érica Mialik Marena – Tema: Lavagem de Dinheiro.

11h15 – Palestra com jornalista Moacir Pereira – Tema: O Papel da Imprensa e da Opinião Pública no combate à corrupção sob a ótica da Lava Jato.

12h00 – Encerramento.

AC1-0007-16B-CARTAZ-A3_02 (1)

Décio Vargas recebe o título de Delegado de Polícia Honorário da Acadepol/SC

décio_renato_mauricioA Associação dos Delegados de Polícia de Santa Catarina (Acadepol/SC) reconheceu a atuação decisiva do Auditor Interno do Poder Executivo Décio Vargas no acordo firmado durante as negociações dos delegados de polícia com o Governo do Estado. A instituição concedeu o título de “Delegado de Polícia Honorário” ao servidor, durante o 41° Encontro de Delegados de Polícia de Santa Catarina, que ocorreu de 8 a 10 de novembro, no Resort Costão do Santinho, em Florianópolis.

Vargas, que é coordenador executivo de Negociação e Relações Funcionais do Estado, recebeu a honraria das mãos do deputado Maurício Eskudlark, que também é delegado de polícia.  “Tenho a sensação de dever cumprido. Minha função é assessorar os secretários da Fazenda e Administração na condução do processo de negociação com os servidores públicos da melhor forma”, considerou. Atualmente, ele também atua na Diretoria de Auditoria Geral (Diag), como gerente de Auditoria de Pessoal (GAPES).

O evento contou com 270 participantes, sendo pelo menos 80 delegados, e contou com a presença do presidente da Adepol/SC, Renato Hendges.