Reunião Técnica do CONACI ocorre nesta semana em Campo Grande

A 29ª Reunião Técnica do Conselho Nacional de Controle Interno (CONACI) acontecerá nesta semana, em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. O evento será realizado nos dias 29 e 30 de novembro, no Centro de Convenções Albano Franco. O auditor interno do Poder Executivo Rodrigo Stigger Dutra representa a Secretaria de Estado da Fazenda e os auditores internos Marisa Zinkan e Frederico da Luz integram a assessoria técnica.

A abertura da RTC será realizada pela diretoria do Conselho Nacional de Controle Interno e anfitriões do evento: Álvaro Fakredin, Presidente do CONACI Contador e Auditor Geral do Estado do Rio Grande do Sul (CAGE/RS); Flávio Jucá, 1º Vice-Presidente e Controlador Geral do Estado do Ceará (CGE/CE); Leonardo Ferraz, 2º Vice-Presidente e Controlador Geral do Município de Belo Horizonte (CTGM/BH); Carlos Eduardo Girão de Arruda, Controlador Geral do Estado do Mato Grosso do Sul (CGE/MS) e Luiz Afonso de Freitas Gonçalves, Controlador Geral do Município de Campo Grande (CGM/Campo Grande).

O encontro irá reunir representantes dos órgãos de controle interno de todo país para discutir os avanços na área e promover o intercâmbio de práticas e conhecimentos.

Na tarde do dia 29 e ao longo do dia 30, o Conselho discutirá temas importantes para o controle interno, como “Direito dos Usuários de Serviços Públicos”; “Práticas de Governo Aberto a partir das Diretrizes Internacionais”; “Avaliação da Maturidade Regulatória e Concessões e PPP’s”; entre outros.

A RTC está sendo promovida pela Controladoria-Geral do Estado de Mato Grosso do Sul (CGE/MS), Controladoria-Geral do Município de Campo Grande (CGM/Campo Grande) e pelo CONACI. Esta será a última Reunião Técnica do Conselho neste ano, a última edição da RTC foi sediada no Amapá, no mês de agosto.

29

Seminário

O Seminário “O Controle e a Administração Pública” dá início à programação na manhã do dia 29, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo. O evento é aberto ao público com entrada gratuita. As inscriçõespodem ser feitas aqui.

Com informações do Conaci 

Anúncios

Amapá será sede do maior evento de Controle Interno Governamental do Brasil

O Estado do Amapá sediará, nos dias 29 e 30 de agosto, o XIV Encontro Nacional de Controle Interno, considerado o maior evento de Controle Interno Governamental do Brasil, e nos dias 30 e 31 de agosto, a 28ª Reunião Técnica do CONACI. De Santa Catarina, participam do evento os auditores internos Frederico da Luz, Marisa Zikan e Rodrigo Stigger Dutra.

Durante o Encontro, serão apresentados e debatidos temas relacionados à governança, transparência, acesso à informação, prevenção e combate à corrupção. O evento é realizado pelo Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci), em parceria com o Governo do Estado do Amapá, e tem como objetivo reunir dirigentes de órgãos públicos estaduais, municipais e federais para discutir mecanismos de fortalecimento da gestão pública e contra a corrupção.

A programação do encontro contará com a participação de profissionais, especialistas, professores e servidores públicos, de todo o Brasil, que compartilharão conhecimento e experiências sobre a implementação de políticas de controle interno e gestão pública, e aperfeiçoamento das ações preventivas de controle interno.

Entre os palestrantes confirmados estão: Wagner de Campos Rosário, Ministro da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU), que fará a Conferência Magna de Abertura, com o tema: A História do Controle Interno desde a Constituição Federal de 1988. O Advogado da União, André Luiz de Almeida Mendonça e o Auditor Federal Matheus Bredt Menezes dividirão um painel que tratará do tema “Os Pilares do Acordo de Leniência”.

Durante o encontro, serão debatidos também “A Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (ENCCLA)”; “Gestão de riscos e controle interno como instrumentos de governança: os desafios do amanhã, hoje”; “O Fortalecimento e o Empoderamento do Controle Interno Municipal no Combate à Corrupção”; “A Lei nº 13.655/2018: Polêmicas e perspectivas para a gestão pública e para o controle interno” e “Um Novo Controle para um Novo Tempo”.

Inscrições

As inscrições são gratuitas, e podem ser feitas por qualquer pessoa interessada no assunto até o dia do evento. A programação completa também está disponível no site do Conaci.

Reunião Técnica

Junto ao XIV Encontro Nacional de Controle Interno, ocorre também a 28ª Reunião Técnica do Conaci, momento em que os membros do conselho discutem temas técnicos e deliberar sobre os assuntos administrativos. Na ocasião, diversos representantes governamentais de controle interno da União, Estados e capitais brasileiras debaterão assuntos relacionados ao fortalecimento do setor, bem como deliberações e articulações para implementação de melhorias de gestão.

xx
XIV Encontro Nacional de Controle Interno ocorre nos dias 29 e 30 de agosto no Macapá

DIAG se prepara para implantar a ferramenta de gestão de riscos no Executivo catarinense

A Diretoria de Auditoria Geral (Diag) da Secretaria de Estado da Fazenda reuniu os auditores internos do Poder Executivo que trabalham no setor para falar sobre Gestão de Riscos. O encontro ocorreu na última quarta-feira (16) e serviu também para a equipe fazer um balanço sobre as atividades que foram desenvolvidas na Jucesc e no IMETRO/SC sobre o tema. As apresentações foram realizadas pelos auditores internos Cícero Teixeira Barbosa, Josane Maciel e Marisa Zinkan. O objetivo é de começar o planejamento para gestão de riscos da Diag ainda este ano.

De acordo com o manual do Ministério do Planejamento, a gestão de riscos ou gerenciamento de riscos é um processo conduzido em uma organização, aplicado no estabelecimento de estratégias, que visa identificar, avaliar, administrar e controlar potenciais eventos ou situações capazes de afetar a realização de seus objetivos. Uma das funções da gestão de riscos é assegurar a concretização dos objetivos da organização e evitar os perigos e surpresas no cumprimento de suas missões institucionais.

Desde do início deste ano, a Diag iniciou um projeto que visa implantar a cultura de gestão de riscos em Santa Catarina. A Jucesc e o IMETRO/SC foram as instituições por onde o trabalho começou, mas o objetivo é ampliar para outras secretarias, autarquias e fundações da administração direta e indireta do Governo do Estado. “Nesse contexto, a equipe de trabalho da DIAG age como facilitadora na introdução das diretrizes para a gestão de riscos, aplicação das ferramentas e na definição e tratamento dos riscos à missão da instituição”, explica a auditoria interna Josane Maciel que intégra a equipe que coordena o projeto.

A responsável pelo Controle Interno do IMETRO/SC, Juliana Fernandes, conversou também com os auditores internos para falar dos benefícios do trabalho desenvolvido pela Auditoria Geral. “O principal benefício deste trabalho é melhorar nossa casa, e ter a oportunidade de mensurar o tamanho que somos. Diria que são muitos os benefícios, e vem sempre aquela pergunta: Por que não fizemos antes?”, afirma. Você pode ler a entrevista que a Juliana concedeu para o blog do Sindiauditoria, clicando aqui.

 

Quais são os resultados esperados?

Na administração pública quem detém a competência para estabelecer decisões são os titulares dos órgãos e entidades, os legítimos donos do negócio e proprietários dos riscos. São os gestores que selecionam os processos que devam ter os riscos priorizados, considerando a dimensão dos prejuízos que possam causar, gerenciados e tratados por meio de ações de caráter imediato, a curto, médio ou longo prazos ou de aperfeiçoamento contínuo. Espera-se que esse trabalho alcance os vários órgãos/entidades do executivo estadual e que a cultura de gestão de riscos seja implantada e fortalecida, juntamente com o ambiente de controle interno. A função da Auditoria Geral é contribuir para que essa semente cresça, a fim de que haja eficácia no cumprimento das finalidades estratégicas de cada organização.