HubGov: estimular a inovação na administração pública catarinense

O WeGov lançou ontem em Florianópolis o Programa interinstitucional de Inovação em Governo (HubGov), o primeiro coworking do Setor Público do mundo, com o objetivo de ser um espaço de encontro de pessoas com um horizonte em comum, no qual serão apresentados novos métodos de trabalho para a solução de problemas complexos da gestão pública. A equipe que representam a Secretaria de Estado da Fazenda (SEF/SC) escolheu como desafio redesenhar a central de atendimento da instituição durante os próximos seis meses.

Integrante da equipe que representa a SEF/SC, a presidente do Sindiauditoria, auditora interna do Poder Executivo Tatiana Bozza, acredita que esta é uma importante iniciativa que ajuda a transformar o Governo. “É uma honra para mim fazer parte do projeto. A Diretoria de Auditoria Geral busca acompanhar essa transformação, capacitando na medida do possível seus servidores com as ferramentas e as metodologias necessárias para que os auditores internos estejam sempre alinhados com as mudanças que estão em curso”, justificou.

Além da Fazenda, participam deste desafio os Correios, a Secretaria de Estado de Segurança Pública, Secretaria de Estado da Comunicação, Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável, Secretaria de Estado da Saúde, Secretaria de Estado do Planejamento, Prefeitura de Palhoça, Justiça Federal, Assembleia Legislativa de Santa Catarina, CREA-SC e Polícia Militar.

WhatsApp Image 2017-03-22 at 02.23.30

Durante a cerimônia de abertura

“Acredito na parceria entre o setor público e o privado. Um exemplo de sucesso desse tipo de parceria é o espaço onde está construída a Softplan, um dos terrenos do Sapien Park. Para mim, este projeto é prova de que o público e o privado podem se unir para construir e transformar. Os cidadãos esperam que os serviços sejam 100% digitais e esperam que seja assim também com os órgãos públicos”, afirmou Moacir Marafon, fundador da Softplan, ao considerar que o governo do futuro deve estar preparado para as mudanças que estão acontecendo no mundo. “O governo precisa se transformar e essa transformação deve estar apoiada em três pilares: processos, tecnologia e pessoas. Pessoas elevadas a terceira potência, pois processos e tecnologia também dependem de pessoas”, defendeu.

Neste mesmo sentido, o secretário de Estado da Comunicação, João Debiasi, entende que é necessário que o Estado invista cada vez mais em inovação, se ele deseja se tornar mais competitivo. “Nas campanhas que a SECOM desenvolve sobre Santa Catarina sempre afirmamos que somos um estado diferente: onde salários são pagos em dias, não há aumento de impostos, menores taxas desemprego do país,etc. Tudo isso para enaltecer os catarinenses, mas para aumentar ainda mais a sua competitividade o Estado precisa de pessoas inovadoras”, considerou.

Para encerrar os depoimentos da abertura o governador Raimundo Colombo enviou um vídeo gravado especialmente para o evento: “O Estado precisa de harmonia. Precisa somar forças para atender as demandas do cidadão, para quem não importa com que esferas deve tratar, para o cidadão a esfera pública é uma só. São as diversas esferas de governo e poderes que devem buscar a integração para fazer mais e melhor pelos cidadãos. A melhoria da qualidade dos serviços públicos deve ocorrer por meio da atuação conjunta e das parcerias”.

Inovação: Presidente do Sindiauditoria participa do primeiro coworking do Setor Público

Durante os próximos seis meses uma equipe da Secretária de Estado da Fazenda (SEF/SC) terá o desafio de redesenhar a central de atendimento da instituição. A iniciativa faz parte do Programa interinstitucional de Inovação em Governo (HubGov) que será lançado pela WeGov em Florianópolis nesta terça-feira (21) como o primeiro coworking do Setor Público no mundo. A presidente do Sindiauditoria, auditora interna do Poder Executivo Tatiana Bozza, integra a equipe de servidores da SEF/SC que enfrentará a missão até setembro.

O objetivo é estimular a inovação na administração pública e por isso nesse programa a WeGov auxiliará os participantes a propor soluções inovadoras de um desafio institucional através das trilhas de aprendizado e mentorias. Tudo isso em um ambiente colaborativo para inspirar as equipes na criação de protótipos e soluções inovadoras e acesso à uma comunidade para troca de experiência entre os participantes.

Todos os envolvidos devem apresentar seus respectivos desafios durante a cerimônia de lançamento. Além da SEF/SC, participam deste desafio os Correios, a Secretaria de Estado de Segurança Pública, Secretaria de Estado da Comunicação, Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável, Secretaria de Estado da Saúde, Secretaria de Estado do Planejamento, Prefeitura de Palhoça, Justiça Federal, Assembleia Legislativa de Santa Catarina, CREA-SC e Polícia Militar.

Na programação do evento desta semana, a participação confirmada de Henrique Parra Parra, fundador da Cidade Democrática, do tenente-coronel Paulo Sousa, responsável pelas Mídias Sociais do Exército Brasileiro, de Carla Giani, assessora da superintendência de Compras e Logística da Secretaria de Saúde, e de Anderson Giovani, ex-gerente do Instituto Comunitário da Grande Florianópolis.

Foto: WeGov/Divulgação
Equipe da SEF/SC junto com o secretário adjunto, Renato Lacerda, trabalhando o desafio institucional que será enfrentado ao longo do programa

Sobre a WeGov

A WeGov é um Espaço de Aprendizado em Governo que dissemina a cultura da inovação no setor público facilitando encontros interinstitucionais em oficinas e eventos por todo o Brasil, sempre baseada nas seguintes premissas: Empoderar os agentes públicos; Iluminar ideias e ações que possam ser replicadas; E promover a aproximação interinstitucional entre agentes públicos das três esferas e dos três poderes.

Siga a hashtag #HubGov no Twitter.

Portal SCtransferências é finalista do prêmio de boas práticas em gestão pública lançado pela UDESC

O portal SCtransferências está entre os finalistas do Prêmio de Boas Práticas em Gestão Pública da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc). De acordo com a lista das iniciativas selecionadas, que foi divulgada nesta terça-feira (24) pelos organizadores, a ferramenta vai disputar o primeiro lugar na categoria Tecnologias de Informação para a Transparência.

A premiação estadual é organizada pelo Centro de Ciências da Administração e Socioeconômicas (Esag) e tem como finalidade identificar, reconhecer, estimular e premiar práticas inovadoras de gestão pública, que consolidem avanços na realização do interesse público, realizados em Santa Catarina.

Para o gerente de Auditoria de Recursos Antecipados (Geran), César Cavalli, a  indicação do portal  é fruto da dedicação e perseverança da equipe de auditores internos e dos técnicos do CIASC que não medem esforços para a melhoria contínua dos processos envolvendo transferências voluntárias do Estado. “Nossa expectativa é pelo reconhecimento da grande contribuição que o projeto tem dado, uma vez que apresenta informações de extrema importância para a boa gestão dos recursos públicos”, resume.

Lançado no final de 2012, o SCtransferências é um canal exclusivo para a transferência voluntária de recursos do Governo do Estado para municípios, entidades sem fins lucrativos, consórcios públicos e pessoas físicas. O portal é utilizado também para informar a sociedade a respeito da aplicação dos recursos públicos. Só no último ano, mais de R$1 bilhão foram destinados por meio de convênios, subvenções e contratos de apoio financeiro.

O prêmio teve 31 práticas avaliadas e as finalistas – as cinco que obtiveram maior pontuação em cada categoria – serão apresentadas durante uma conferência de premiação, nos dias 15 e 16 de junho, diante da comissão julgadora definirá o resultado final. Gratuito e aberto ao público, o evento tem vagas limitadas, com inscrições pelo site: http://www.premiogestaopublica.com.br.

Na apresentação final, os projetos selecionados serão avaliados de acordo com cinco critérios: clareza na apresentação; qualidade do material apresentado; pertinência das respostas aos questionamentos da comissão julgadora; equilíbrio no uso do tempo na apresentação; e coerência e pertinência da argumentação.

A Secretaria de Estado da Fazenda está concorrendo também na categoria Qualidade na Gestão Pública com o projeto do Cartão de Pagamentos do Estado de Santa Catarina (CPESC), coordenado pela contabilidade.

Foto: Jaércio Bento/Sindiauditoria

Com informações da Secretaria de Estado da Fazenda e da UDESC