Maio é o mês mundial da conscientização pelo fortalecimento da auditoria interna

Uma exaltação da ética e da boa governança. Durante todo o mês de maio o The Institute of Internal Auditors (The IIA), a principal instituição de auditoria interna no mundo, promoverá ações que estimulem a valorização das áreas de auditoria interna em empresas públicas e privadas, premiando cases relevantes, que sirvam de exemplo de promoção de práticas eficientes de gestão, compliance, prevenção a fraudes e gerenciamento de riscos.

A entidade acaba de anunciar a marca histórica de 200 mil auditores internos associados, presentes em 170 nações e em todos os continentes. Segundo Richard Chambers, presidente e CEO do The IIA o recorde é reflexo da valorização da profissão no mundo. “O resultado é um reconhecimento de nosso esforço em apoiar o crescimento contínuo e o desenvolvimento profissional dos membros, a fim de prepará-los para que possam proteger e gerar valor nas organizações em que atuam”, comemora Chambers.

O IIA May também é intensamente promovido pelo IIA Brasil – Instituto dos Auditores Internos do Brasil, a maior entidade da carreira no País e filiada ao The IIA. Em anos anteriores, empresas como a Ocyan e Banco da Amazônia conquistaram o Prêmio internacional do Mês da Conscientização de Auditoria Interna, por participarem ativamente da campanha, promovendo palestras e ações de incentivo a valorização profissional.

Para orientar as empresas a participarem do IIA May, o The IIA disponibiliza gratuitamente o ‘Building Awareness Toolkit’. Trata-se de um guia disponível para download que traz informações sobre a relevância da profissão, além de programas criativos com amostras de vídeos e ferramentas que ajudam a aumentar a conscientização sobre a importância da carreira na sociedade, junto a estudantes universitários, gestores e ao conselho de administração de empresas públicas e privadas.

A valorização da profissão no Brasil nos últimos anos tem contribuindo para que o país seja um dos principais promotores do IIA May tendo sido premiado pelo The IIA nas últimas três edições da campanha internacional. “Hoje, somos o 5o maior instituto de auditoria interna do mundo, devido a um crescimento contínuo, tanto na contratação de profissionais, como na ampliação e fortalecimento de áreas de auditoria. Mas ainda há muito que trilhar para chegarmos ao nível de mercados mais avançados como Estados Unidos e Reino Unido”, lembra Paulo Gomes, diretor-geral do IIA Brasil.

IIA May Logo

Campanha ‘IIA May’ visa incentivar o fortalecimento da governança, exalta a ética e estimular a prevenção a fraudes corporativas

Sobre o IIA Brasil

O Instituto dos Auditores Internos do Brasil completou 58 anos de fundação sendo uma das cinco maiores entidades da carreira do planeta, entre os 170 países associados ao The Institute of Internal Auditors –The IIA, a mais importante associação do setor no mundo. Referência na América Latina, o IIA Brasil auxilia na formação de outros institutos como o IIA de Angola. No Brasil, aentidade coordena todo o processo de obtenção de certificações internacionais, como o CIA (Certified Internal Auditor), além de promover debates, cursos técnicos, seminários e o Conbrai – Congresso Brasileiro de Auditoria Interna.

Florianópolis recebe Seminário do Banco Mundial e do Conaci sobre Gestão de Riscos, Governança e Auditoria Interna

Florianópolis recebe uma etapa do ciclo de Seminários de Controle Interno, organizado pelo Conaci em parceria com o Banco Mundial. A cidade é a segunda a receber o evento, depois de Natal (RN), do total de seis encontros que serão realizados em todo País. O evento ocorrerá no dia 7 de maio, das 9h às 17h, no Teatro Pedro Ivo. Palestrantes de renome nacional compõem as seis conferências previstas na programação, que tem como tema “Gestão de Riscos para Boa Governança – O Papel da Auditoria Interna”.

Em Santa Catarina, o seminário será organizado com o apoio da Diretoria de Auditoria Geral (DIAG) da Secretaria da Fazenda e do Sindiauditoria. Ele é uma oportunidade para reforçar a importância da criação da Controladoria Geral do Estado, que deve ocorrer em breve, e a reorganização de todo o sistema de controle interno Estadual, de forma a contribuir para o aperfeiçoamento da gestão pública catarinense.

Os temas que serão abordados no seminário detalharão o conceito de auditoria interna contemporânea, seu viés de agregar valor à gestão, com trabalhos de consultoria que ajudem o aprimoramento da gestão pública, por meio da melhora na eficácia dos processos de gerenciamento de riscos, controle e governança.

O controle interno é uma função administrativa, que busca ajudar o gestor público a agir com legalidade e em conformidade com a norma. É um auxílio para que a execução seja mais eficiente e que os resultados sejam revertidos em serviços prestados de forma mais adequada à sociedade.

As inscrições são gratuitas e limitadas. Para mais informações acesse: https://doity.com.br/seminario-gestao-de-riscos

WhatsApp Image 2019-04-15 at 18.02.05

Programação

Durante a parte da manhã (9h-12h), os três temas abordados são: “O Controle Interno como instrumento alavancador de resultados: uma visão do Banco Mundial”, por Susana Philomeno Amaral (especialista em Gerenciamento Financeiro do Banco Mundial); “Auditoria Interna Governamental como instrumento de agregação de valor à Administração Pública”, por Sergio Filgueiras de Paula (auditor e coordenador Geral de Métodos, Capacitação e Qualidade da Controladoria Geral da União); e “A importância da Gestão de Riscos para melhoria da governança”, por Rodrigo Fontenelle de Araújo Miranda (controlador-geral do Estado de Minas Gerais).

Em seguida, outras três conferências são previstas na parte da tarde (14h-17h): “Implementando a Gestão de Riscos no Setor Público – experiência do Distrito Federal”, por Paulo Ribeiro Lemos (auditor e controlador-chefe da Controladoria DFTrans); “Diagnóstico e estruturação da 1ª e 2ª linhas de defesa – resultados do Espírito Santo”, por Denis Prates (coordenador de Harmonização do Controle Interno da Secretaria de Controle e Transparência do Estado do Espírito Santo); e “Implementação do Modelo de Capacidade de Auditoria Interna (IA-CM), por Paulo Ribeiro Lemos (Auditor e Controlador Chefe da Controladoria DFTrans).

Conaci e Banco Mundial

A parceria das instituições tem como intuito principal promover o desenvolvimento do Controle Interno no país, por meio da conscientização dos gestores sobre a sua importância, para alcançar resultados de forma segura e transparente. Além de promover padronização de conceitos entre os profissionais da área. A secretária executiva do CONACI, Renata Rezende, explica como o projeto fortalece o Controle Interno. “Por meio destes seminários com o apoio e suporte do Banco Mundial buscamos a disseminação das melhores práticas internacionais em matéria de auditoria e controle interno”, pondera.

O coordenador do grupo-geral de trabalho do projeto, Marconi Lemos, fala sobre os temas trazidos nos eventos. “Conceitos modernos de auditoria interna são os principais assuntos pautados nos seminários. Eventualmente abordamos integridade ou outra questão que esteja sendo tratada localmente. Mas os conceitos de gestão de riscos, três linhas de defesa, auditoria interna diferenciando de inspeção financeira, são notoriamente, o escopo central dos seminários”, afirma.

Capture d’écran 2019-04-14 à 16.59.50
O primeiro Seminário ocorreu em Natal (RN) no dia 8 de abril (Foto: Conaci/Diculgação)

IIA Brasil e IBGC lançam guia detalhado sobre a auditoria interna

São mais de 50 páginas de valioso conteúdo, que une auditoria interna e governança corporativa. Dois dos mais respeitados institutos do país, que atuam na promoção da ética, transparência e boas práticas de gestão de empresas públicas e privadas, juntaram-se, para editar o guia ‘Auditoria Interna – aspectos essenciais para o conselho de administração’. O documento é resultado de quase um ano de estudos realizados por executivos do Instituto dos Auditores internos do Brasil (IIA Brasil), e pelo Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC), contando ainda, com o apoio da consultoria global PwC.

O Guia foi apresentado na manhã desta sexta-feira (14), em um hotel na capital paulista, durante um seminário organizado pelo IIA Brasil, com a promoção de um debate sobre as expectativas de comitês de auditoria em relação à auditoria interna. “O evento marca não somente o lançamento do Guia para nossos auditores associados, mas também o anúncio do fortalecimento da parceria entre o IIA Brasil e o IBGC, juntos, como promotores de valores éticos e de conhecimentos técnicos, capazes de contribuírem na formação de profissionais mais íntegros e preparados para os desafios do mercado”, comenta Braselino Assunção, diretor-geral do IIA Brasil.

O documento, que será disponibilizado gratuitamente, visa mostrar que a auditoria interna pode interagir e colaborar com as áreas de controles internos, riscos e compliance, contribuindo para uma melhoria contínua dos processos nas organizações. Para Heloisa Bedicks superintendente-geral do IBGC, a atividade de auditoria é um instrumento relevante no fortalecimento das empresas. “Ela ajuda as organizações a gerir metas, avaliar riscos, melhorar controles e evitar perdas. Apesar de sua reconhecida importância, há muito trabalho a ser feito: os conselheiros de administração carecem de mais conhecimento sobre a inserção da auditoria interna no contexto da governança”, diz a executiva.

48080571_1861771030615248_4015254299557756928_o
Instituto dos Auditores internos do Brasil e Instituto Brasileiro de Governança Corporativa se unem, em uma parceria inédita, na produção de um guia didático, que elucida a relação de auditores internos com os conselhos de administração e executivos de empresas públicas e privadas

O conteúdo do livro é abrangente e considera os mais diversos tipos e tamanhos de organizações, sejam públicas ou privadas, e não destaca setores específicos. Visa despertar em auditores, conselheiros e executivos, o valor da função de auditoria interna.

Outro ponto central é o de esclarecer sobre as responsabilidades do comitê de auditoria. Segundo Rene Andrich, presidente do conselho de administração do IIA Brasil e integrante do grupo de trabalho que coordenou o Guia, muitos conselheiros de administração desconhecem a amplitude de atuação da equipe da auditoria interna. “Eles compreendem mais sobre auditoria externa, mas têm pouco conhecimento sobre a interna, sobre os seus benefícios, e o que a área pode trazer para os mais altos níveis de governança da organização. Neste material é tratado questões que envolvem qualificação e certificação de profissionais, incluindo uma sugestão de avaliação da própria área. Para esses executivos, a publicação terá grande valia”, revela Rene Andrich.

Sobre o IIA Brasil

O Instituto dos Auditores Internos do Brasil completou 58 anos de fundação sendo uma das cinco maiores entidades da carreira do planeta, entre os 190 países associados ao The Institute of Internal Auditors –A, a mais importante associação do setor no mundo. Referência na América Latina, o IIA Brasil auxilia na formação de outros institutos como o IIA de Angola. No Brasil, a entidade coordena todo o processo de obtenção de certificações internacionais, como o CIA (Certified Internal Auditor), além de promover debates, cursos técnicos, seminários e o Conbrai – Congresso Brasileiro de Auditoria Interna.

Sobre o IBGC
O Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC), organização da sociedade civil, é a principal referência brasileira e uma das principais referências mundiais em Governança Corporativa. Há 22 anos, contribui para o desempenho sustentável das organizações por meio da geração e disseminação de conhecimento das melhores práticas em governança corporativa, influenciando e representando os mais diversos agentes, visando uma sociedade melhor.