Gestão de riscos na administração pública é tema de seminário em Florianópolis

Encontrar maneiras de reduzir as ameaças à administração pública e melhorar o uso de recursos financeiros estão entre os objetivos do Seminário “Gestão de Risco para a Boa Governança: o papel da Auditoria Interna”, que ocorreu no último dia 7 de maio. O encontro, realizado no Teatro Pedro Ivo, em Florianópolis, reuniu gestores, servidores e técnicos do Governo do Estado para um dia de atualização e debates sobre a auditoria interna contemporânea, seu viés de agregar valor às instituições, por meio da melhora da eficácia dos processos de gerenciamento de riscos, controle e governança.

“O tema é muito relevante porque temos que conhecer o risco, fazer a prevenção, o cenário e elaborar as respostas para esses problemas. As companhias de seguros, os bancos, estão muito acostumados a fazer esse tipo de trabalho, e nós do setor público também temos que fazer, porque só vamos ver o efeito de uma má gestão de risco no futuro. É o Estado que sofre as consequências”, afirmou o secretário de Estado da Fazenda (SEF), Paulo Eli, na abertura do encontro. Como exemplo, estão casos em que o governo precisa se assegurar que uma empresa contratada para realizar uma obra complexa terá competência técnica para finalizá-la ou em garantir segurança jurídica para fazer um contrato de serviço terceirizado.

seminario_gestao_de_risco_para_a_boa_governanca__20190507_2094258699
A Diretoria de Auditoria Geral promoveu o evento em parceria com o Conaci, o Banco Mundial e apoio do Sindiauditoria (Foto: James Tavares/ Secom)

Para o professor Luiz Felipe Ferreira, que assumirá a Controladoria-Geral do Estado (CGE/SC) e representou o governador Carlos Moisés no evento, o seminário é muito importante neste momento em que a reforma administrativa tramita na Assembleia Legislativa. “O Estado irá ganhar uma unidade autônoma de gestão de riscos que virá a ser a CGE. Queremos desmistificar o viés exclusivamente fiscalizatório do órgão, porque ele terá o papel de potencializar e alavancar a atuação dos auditores internos da SEF para o uso correto do recurso público e a boa gestão”, disse o futuro controlador-geral do Estado.

seminario_gestao_de_risco_para_a_boa_governanca__20190507_1380458654
Para o o professor Luiz Felipe Ferreira o seminário é muito importante neste momento em que a reforma administrativa tramita na Assembleia Legislativa (Foto: James Tavares/ Secom)

Importância do controle interno

Durante a primeira palestra do evento, a especialista em Gerenciamento Financeiro do Banco Mundial, Susana Philomeno Amaral, abordou a importância da utilização do Controle Interno como ferramenta para alavancar resultados. “Ele deve ter um papel ativo na reformulação administrativa das organizações e a gestão deve ser pró-ativa, com responsabilidade dos gestores e participação efetiva das equipes de trabalho”, afirma. Na sequência, o tema foi “Auditoria Interna Governamental como instrumento de agregação de valor à Administração Pública”, apresentado pelo coordenador Geral de Métodos, Capacitação e Qualidade da Controladoria Geral da União, Sérgio de Paula. “O Controle Interno está presente no dia a dia e na execução das tarefas dos gestores no Poder Público, por isso a importância de discutir o tema. Transformar a sociedade , entregar bons serviços ao cidadão e atender as demandas sociais são obrigações do Estado”, pontua. “Antes o foco da auditoria interna era o controle e os processos. Agora o objetivo é verificar e gerenciar os riscos para alcançar as metas e mitigar as ameaças”, explica.

seminario_gestao_de_risco_para_a_boa_governanca__20190507_1959348222
Susana Philomeno Amaral (Banco Mundial) destacou a importância do Controle Interno para alavancar resultados (Foto: James Tavares/ Secom)

Ciclo de seminários 

O evento faz parte do ciclo dos seminários programados para o primeiro semestre de 2019, originado da parceria entre o Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci) e o Banco Mundial. A parceria das instituições tem como intuito principal promover o desenvolvimento do Controle Interno no país, por meio da conscientização dos gestores sobre a sua importância, para alcançar resultados de forma segura e transparente. Além de promover padronização de conceitos entre os profissionais da área.

Confira as datas dos próximos seminários : 

10 de maio – Recife (PE)

17 de maio – Belo Horizonte (MG)

31 de maio – João Pessoa (PB)

05 de junho – Rio de Janeiro (RJ)

10 de junho – São Paulo (SP)

Anúncios

Florianópolis recebe Seminário do Banco Mundial e do Conaci sobre Gestão de Riscos, Governança e Auditoria Interna

Florianópolis recebe uma etapa do ciclo de Seminários de Controle Interno, organizado pelo Conaci em parceria com o Banco Mundial. A cidade é a segunda a receber o evento, depois de Natal (RN), do total de seis encontros que serão realizados em todo País. O evento ocorrerá no dia 7 de maio, das 9h às 17h, no Teatro Pedro Ivo. Palestrantes de renome nacional compõem as seis conferências previstas na programação, que tem como tema “Gestão de Riscos para Boa Governança – O Papel da Auditoria Interna”.

Em Santa Catarina, o seminário será organizado com o apoio da Diretoria de Auditoria Geral (DIAG) da Secretaria da Fazenda e do Sindiauditoria. Ele é uma oportunidade para reforçar a importância da criação da Controladoria Geral do Estado, que deve ocorrer em breve, e a reorganização de todo o sistema de controle interno Estadual, de forma a contribuir para o aperfeiçoamento da gestão pública catarinense.

Os temas que serão abordados no seminário detalharão o conceito de auditoria interna contemporânea, seu viés de agregar valor à gestão, com trabalhos de consultoria que ajudem o aprimoramento da gestão pública, por meio da melhora na eficácia dos processos de gerenciamento de riscos, controle e governança.

O controle interno é uma função administrativa, que busca ajudar o gestor público a agir com legalidade e em conformidade com a norma. É um auxílio para que a execução seja mais eficiente e que os resultados sejam revertidos em serviços prestados de forma mais adequada à sociedade.

As inscrições são gratuitas e limitadas. Para mais informações acesse: https://doity.com.br/seminario-gestao-de-riscos

WhatsApp Image 2019-04-15 at 18.02.05

Programação

Durante a parte da manhã (9h-12h), os três temas abordados são: “O Controle Interno como instrumento alavancador de resultados: uma visão do Banco Mundial”, por Susana Philomeno Amaral (especialista em Gerenciamento Financeiro do Banco Mundial); “Auditoria Interna Governamental como instrumento de agregação de valor à Administração Pública”, por Sergio Filgueiras de Paula (auditor e coordenador Geral de Métodos, Capacitação e Qualidade da Controladoria Geral da União); e “A importância da Gestão de Riscos para melhoria da governança”, por Rodrigo Fontenelle de Araújo Miranda (controlador-geral do Estado de Minas Gerais).

Em seguida, outras três conferências são previstas na parte da tarde (14h-17h): “Implementando a Gestão de Riscos no Setor Público – experiência do Distrito Federal”, por Paulo Ribeiro Lemos (auditor e controlador-chefe da Controladoria DFTrans); “Diagnóstico e estruturação da 1ª e 2ª linhas de defesa – resultados do Espírito Santo”, por Denis Prates (coordenador de Harmonização do Controle Interno da Secretaria de Controle e Transparência do Estado do Espírito Santo); e “Implementação do Modelo de Capacidade de Auditoria Interna (IA-CM), por Paulo Ribeiro Lemos (Auditor e Controlador Chefe da Controladoria DFTrans).

Conaci e Banco Mundial

A parceria das instituições tem como intuito principal promover o desenvolvimento do Controle Interno no país, por meio da conscientização dos gestores sobre a sua importância, para alcançar resultados de forma segura e transparente. Além de promover padronização de conceitos entre os profissionais da área. A secretária executiva do CONACI, Renata Rezende, explica como o projeto fortalece o Controle Interno. “Por meio destes seminários com o apoio e suporte do Banco Mundial buscamos a disseminação das melhores práticas internacionais em matéria de auditoria e controle interno”, pondera.

O coordenador do grupo-geral de trabalho do projeto, Marconi Lemos, fala sobre os temas trazidos nos eventos. “Conceitos modernos de auditoria interna são os principais assuntos pautados nos seminários. Eventualmente abordamos integridade ou outra questão que esteja sendo tratada localmente. Mas os conceitos de gestão de riscos, três linhas de defesa, auditoria interna diferenciando de inspeção financeira, são notoriamente, o escopo central dos seminários”, afirma.

Capture d’écran 2019-04-14 à 16.59.50
O primeiro Seminário ocorreu em Natal (RN) no dia 8 de abril (Foto: Conaci/Diculgação)

Auditor expert em gestão de riscos confirma presença em congresso no Brasil

Motivos não faltam para que os holofotes da auditoria global estejam voltados para Foz do Iguaçu, entre os dias 21 e 24 de outubro. Um deles será a presença de Paul Sobel, durante a 23a edição do Clai – Congresso Latino-americano de Auditoria Interna, evento que deverá reunir mais de mil profissionais em torno de temas como combate a fraudes, corrupção corporativa, gestão e transparência de organizações públicas e privadas.

Uma das estrelas do evento será Paul Sobel, atual chairman do COSO, Committee of Sponsoring Organizations of the Treadway Commission  – organização responsável por editar a publicação homônima, considerada a ‘Bíblia das orientações de gestão de riscos corporativos no planeta. Sobel é reconhecido como um dos executivos que mais conhece sobre o assunto.

Vice-presidente e diretor de auditoria da Georgia-Pacific, gigante americana da área de celulose e papéis, Sobel carrega em seu currículo passagens como líder em empresas públicas de energia, além de gerencias na PepsciCo e Arthur Andersen.

Também já foi chairman do The IIA – The Institute of Internal Auditors – a maior organização da profissão no mundo, com mais de 190 mil associados. Por seu engajamento e comprometimento com a promoção das premissas de gestão de riscos, foi selecionado para entrar no hall das “100  pessoas mais influentes de finanças do mundo” em ranking elaborado pela renomada revista Treasury & Risk.

“A presença de Paul Sobes no Clai será oportunidade singular para debatermos os futuros desafios que o auditor interno terá pela frente no que tange a condução da gestão de riscos corporativos”, lembra Braselino Assunção, diretor-geral do Instituto dos Auditores Internos do Brasil (IIA Brasil), uma das entidades promotoras do Clai. “Tê-lo como keynote é mais uma confirmação de que o congresso será histórico”, comenta.

Durante os quatro dias de congresso estão previstos mais de 30 painéis e debates, que destacarão questões envolvendo Lava Jato, Lei Anticorrupção, compliance, auditoria governamental, prevenção a fraudes, Data Analytics e auditoria de TI. As inscrições para o congresso já estão liberadas e podem ser realizadas por meio do site: claiflai.org .

Paul Sobel - divulgação
Paul Sobel, um dos principais nomes da auditoria interna mundial, será destaque no maior evento da carreira já realizado no país

 

Serviço

CLAI – 23º Congresso Latino-americano de Auditoria Interna

Quando: 21 a 24 de outubro

Local: Rafain Palace Hotel & Convention Center – Av. Olímpio Rafagnin, 2357 – Foz do Iguaçu

Inscrições e informações: eventos@iiabrasil.org.br – Tel.: (11) 5095-4045 – claiflai.org