Encerra hoje o maior evento de capacitação já realizado pelo TCE-PR sobre Controle Externo

O maior evento de capacitação de gestores e servidores públicos já realizado pelo Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) encerra nesta quinta-feira (2). O Fórum de Controle Externo do TCE-PR reuniu, desde ontem (1), mais 1.700 participantes no Centro de Eventos da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep). Durante esses dois dias, foram realizados seis painéis temáticos, que somaram 80 horas de capacitação sobre as principais áreas da administração pública.

“O evento tem um altíssimo nível técnico e uma importância fundamental para as minhas atividades diárias, tendo em vista a nossa responsabilidade de orientar os demais órgãos da administração estadual no que se refere a interpretação da lei, da jurisprudência e da doutrina na condução dos atos de gestão”, avaliou a auditora interna Eliane Furlan.

Junto com Eliane, outros servidores da Gerência de Auditoria de Licitações e Contratos (GEALC) participam do evento para representar Santa Catarina: Cristina Keller Sartori, Leda Leite Pereira Cipoli Ribeiro, Eduardo Maciel Bittencourt, Ricardo Cavalcanti Peixoto Filho e Luciana Zanatta.

Os painéis desta primeira edição abrangeram os principais temas da administração e da fiscalização sobre os recursos públicos: contabilidade, licitações e contratos, obras, atos de pessoal, transferências voluntárias e participação dos empresários nas compras e contratações de serviços.

“Importante ressaltar a forma de apresentação dos temas pelos palestrantes que proporcionaram um debate bem interessante para despertar o interesse dos participantes que puderam interagir com perguntas e contribuir com a discussão”, considerou o auditor interno Eduardo Maciel Bittencour sobre as atividades da programação.

A palestra de abertura do evento foi do jurista paranaense Romeu Felipe Bacellar Filho, referência nacional em Direito Público. No encerramento, o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Benjamin Zymler falou sobre a aplicação da Lei Anticorrupção nos Estados e municípios.

O presidente do TCE-PR, conselheiro Ivan Bonilha, manifestou a satisfação de que o Tribunal de Contas possa oferecer um grande evento gratuito de capacitação. “Além da função fiscalizatória e sancionadora, que temos a obrigação de cumprir, somos um importante agente de capacitação técnica dos administradores, para a melhoria da qualidade do gasto e, em consequência, dos serviços públicos”, afirmou Bonilha.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Com informações da Diretoria de Comunicação Social do TRE-PR

Auditores internos lançam a terceira edição do Manual de Licitações e Contratos de Obras Públicas

A Diretoria de Auditoria Geral (DIAG), da Secretaria de Estado da Fazenda, disponibiliza aos gestores e servidores públicos a terceira edição do Manual de Licitações e Contrato de Obras Públicas, documento que está disponível para consulta online. O objetivo central da publicação é apresentar de forma simplificada os principais conceitos e aspectos do processo licitatório e da execução de obras e serviços de engenharia.

O lançamento do documento ocorreu durante as reuniões de trabalho organizadas pelo escritório do Pacto por Santa Catarina, no início de maio, para orientar sobre licitação e contratação de obras públicas. Com ênfase nas ações catarinenses, o evento reuniu os fiscais de obras, gerentes de infraestrutura e gestores administrativos dos órgãos e entidades do Poder Executivo estadual em Florianópolis, Lages e Chapecó.

Durante os encontros, as auditoras internas Leda Candida Cipoli Ribeiro e Maria Eliane Silva Furlan, da equipe de monitoramento da da Gerência de Auditoria de Licitações e Contratos (GEALC), apresentaram os aspectos principais desde a licitação e contratação até a fiscalização, recebimento da obra e manutenção da edificação. “A avaliação desta primeira edição é extremamente positiva, dada a importância de capacitar esses servidores, cujo trabalho é fundamental para a execução correta e tempestiva das obras catarinenses”, pontuou o gerente da GEALC, Clóvis Renato Squio.

Antes de tudo, esse evento faz parte de uma atuação preventiva da auditoria interna. “Futuramente, é importante a realização de outras edições para, além de capacitar, também nivelar melhor os conhecimentos e atualizar informações aos que atuam na área de obras públicas”, ressaltou Leda. Para ela, o principal resultado dessas ações será contribuir para a otimização das contratações e execuções das obras, uma das áreas mais importantes para o Estado, se considerarmos o volume de recursos financeiros envolvidos e o alcance social de cada obra executada.