Santa Catarina integra Rede de Corregedorias e participa da primeira reunião em Brasília

Por iniciativa da Controladoria-Geral da União (CGU) ocorreu em Brasília, a primeira Reunião Ordinária da Rede de Corregedorias, no dia 7 de maio. Na ocasião, os Estados e municípios-capitais interessados em tornarem-se membros do projeto puderam conhecer melhor a iniciativa. O Governo de Santa Catarina foi representada por Cícero Alessandro Teixeira Barbosa, auditor interno do Poder Executivo e futuro corregedor-geral do Estado.

No evento foram apresentados o Sistema de Gestão de Processos Disciplinares da CGU (E-PAD), e o uso de um aplicativo (não gratuito) que permite a oitiva das partes e testemunhas por meio de aparelhos celulares, ferramentas que poderão ser compartilhadas com os membros que aderirem a Rede.A integração ao Programa de Fortalecimento das Corregedorias (PROCOR) se dará por meio de um Termo de Adesão. O objetivo do PROCOR é fomentar a atividade correicional por meio do intercâmbio de informações e dados, material didático, orientativo, bem como disponibilização de sistemas informatizados.

WhatsApp Image 2019-05-10 at 23.58.21
O representante catarinense no encontro e futuro corregedor-geral de Santa Catarina, o auditor interno do Poder Executivo estadual Cícero Alessandro Teixeira Barbosa (Foto:CGU/DF)

Na reunião, sob rito ordinário, os presentes deliberaram acerca da divulgação no âmbito da Rede de informações de empresas que venham a incorrer em Processo Administrativo de Responsabilização de Pessoa Jurídica (PAR); da desnecessidade de publicação de Portaria no processo de Investigação Preliminar; bem como da prescindibilidade do contraditório e ampla defesa neste processo. Também foram analisadas propostas de Regimento Interno e, por fim, realizada a eleição por unanimidade de Gilberto Waller Júnior, corregedor-geral da CGU, para o cargo de secretário-executivo da Rede.

WhatsApp Image 2019-05-10 at 23.57.16
O ministro Wagner Rosário e o corregedor-geral Gilberto Waller Júnior participaram desta primeira reunião da Rede (Foto: CGU/DF)

 

 

Anúncios