Congresso Consad completa dez anos com uma vasta programação

Os participantes do X Congresso Consad de Gestão Pública podem esperar por uma edição com muito conteúdo e novidades. A troca de experiências começou hoje (5) e vai até o dia 7 de julho, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília, e promete reunir o mais variado público, desde estudantes e servidores públicos até especialistas em Gestão Pública. De Santa Catarina, participam desta edição histórica de 10 anos, os auditores internos do Poder Executivo André Luiz Rotelli, Tatiana Bozza, Clarice Ehara e Clóvis Coelho Machado.

Por ser um ano comemorativo, a programação foi pensada no atual cenário econômico e político do País, mas também na trajetória e nos resultados obtidos pelo evento, que hoje representa o maior congresso de gestão pública do Brasil. Com o tema “Gestão dos serviços públicos: o protagonismo cidadão e caminhos para a inovação governamental”, a conferência de abertura será apresentada pelo especialista em Modernização do Estado no BID, Pedro Farias.

O especialista apresentará o livro Governos que Servem, que apresenta lições a partir de casos estudados e analisa as dimensões como as novas tecnologias de informação e comunicações, a coordenação governamental, os marcos regulatórios e os modelos de gestão. Com base nestes estudos, são identificados três importantes vetores da inovação em serviços: integração, simplificação e gerenciamento. Devido ao sucesso, a publicação, que foi lançada em espanhol, ganhou também a versão em português.

E pensar em quanto custam os trâmites públicos para a sociedade? Um estudo, cujo projeto piloto foi testado em quatro estados mais o Distrito Federal, foi realizado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e o Governo Federal. O levantamento foi desenvolvido a partir das inúmeras transações feitas pelo cidadão na hora de tirar um Registro Geral, Carteira de Trabalho e como isso pode interferir nos custos e nos cofres públicos.

Durante os três dias, uma sessão plenária irá apresentar o balanço de 10 anos de história. A participação e controle social na gestão pública e as lições compartilhadas no âmbito do congresso.

WhatsApp Image 2017-07-05 at 19.19.17
Os auditores internos do Poder Executivo André Luiz Rotelli, Tatiana Bozza, Clarice Ehara e Clóvis Coelho Machado participam da abertura nesta quarta-feira

Trabalhos Científicos

Os painéis também contam com uma vasta programação. Com a missão de agregar conhecimento, os trabalhos científicos que serão apresentados durante os painéis demonstram o estágio de amadurecimento da administração pública brasileira. Os estudos vão desde aplicações de tecnologia para a transformação da gestão dos transportes na Administração Pública até as novas propostas para inserir a criatividade no governo eletrônico.

Este ano, o Consad recebeu mais de 400 inscrições de propostas de trabalhos científicos para o congresso. Desse total, 147 foram selecionados pelo Comitê Científico para integrar a programação do evento.

Acesse aqui a programação.

Moacir Pereira registra participação catarinense no Conaci 

No jornal Diário Catarinense do dia 6 de agosto, o colunista Moacir Pereira registrou a participação dos Auditores Internos do Poder Executivo catarinense no Encontro Nacional do Conaci, que encerrou na última sexta-feira.06082016 - DC - Moacir Pereira - Sindiauditoria

Encontro Nacional do Conaci registra recorde de público com alta qualidade técnica

Um time de Auditores Internos do Poder Executivo catarinense participou, em Fortaleza, das atividades do Encontro Nacional do Conaci (Conselho Nacional de Controle Interno). O evento, que encerrou nesta sexta-feira (5), reuniu mais de mil participantes interessados em debater as ferramentas de combate à corrupção, de governança corporativa e transparência pública. De Santa Catarina, a presidente do Sindiauditoria, Tatiana Bozza, e o vice-presidente, Rafael Lima Palmares, estão acompanhados dos colegas: Clarice Ehara, Inês Marina Souza, Jaime Klein, Rodrigo Strigger Dutra e Sérgio Augusto Michalczuk.

Neste segundo dia, as atividades seguiram com a realização de painéis sobre a apuração de responsabilidades; a Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (Enccla); e a Gestão Fiscal Responsável. Também na parte da tarde, o Auditor Interno Jaime Klein participou do debate sobre Controle Social e Transparência Pública junto com o Ouvidor Geral da Controladoria Geral da União (CGU), Gilberto Waller. Klein partilhou sua experiência como presidente do Observatório Social de São José (OSSJ).

Para a presidente do sindicato, a proposta do tema “Por um Brasil melhor: todos contra a corrupção” valorizou o papel do controle interno na defesa da ética na Administração Pública. “A tônica do evento ficou na demonstração de que o combate efetivo à corrupção passa necessariamente pela parceria entre controladores e controlados, pela articulação entre as diversas instâncias de controle, pela transparência e pelo controle social”, pontuou Tatiana.

Nesta edição, duas moções de apoio foram aprovadas por unanimidade pelos participantes. A primeira defende a continuidade da tramitação da PEC 45/2009 no Senado Federal, já que o projeto é considerado fundamental para o fortalecimento do controle interno na administração pública do País. A segunda é em prol da aprovação do Projeto de Lei 4850/2016, em tramitação na Câmara Federal, que reúne medidas legislativas contra a corrupção e demais crimes contra o patrimônio público e combate o enriquecimento ilícito de agentes públicos.

Para o Auditor Interno Rodrigo Strigger Dutra é importante destacar que o encontro foi um sucesso, não só de público, com a maior participação da história do Conaci, mas também de conteúdo. “É preciso dizer que durante esses dois dias nos dedicamos a estudar e pensar temas atuais que refletem a prática da auditoria interna, com exemplos práticos”, observou. Entre eles, Dutra destacou: a parceria com o Banco Mundial e a Gestão de Riscos como um ponto importante para o bom desempenho governança das instituições.

Neste sentido, também, o Auditor Interno Sérgio Augusto Michalczuk reforça a necessidade de aumentar a participação dos servidores em eventos de alto nível de formação. “Participar do CONACI é de fundamental importância para nossa categoria, pois aqui compartilhamos experiências de sucesso, buscando fortalecer o controle interno no Brasil como um todo”, avaliou.

21ª Reunião Técnica do Conaci

Florianópolis receberá, nos dias 17 e 18 de novembro, diversos representantes governamentais de controle interno da União, estados e municípios para debater assuntos relacionados ao fortalecimento do setor, bem como deliberações e articulações para implementação de melhorias de gestão.

Para o vice-presidente do Sindiauditoria, Rafael Lima Palmares, o encontro será uma ótima oportunidade para apresentar o trabalho desenvolvido na Diretoria de Auditoria Geral (Diag). “Em Santa Catarina temos diversas iniciativas em andamento que podem servir de inspiração para outros entes da federação”, considerou. Para ele, as atividades do Conaci são um momento privilegiado para compartilhar experiências na área do controle e gestão.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Com informações do Conaci