Sindiauditoria adota sistema de lista tríplice para indicação ao cargo de Diretor de Auditoria Geral da Secretaria de Estado da Fazenda

O Sindicato dos Auditores Internos do Poder Executivo – SINDIAUDITORIA deliberou, na sessão do dia 27 de março de 2018, a realização de votação interna para escolha de membros da categoria para serem indicados ao cargo de Diretor de Auditoria Geral, da Secretaria de Estado da Fazenda.

A lista tríplice para o referido cargo visa indicar os nomes daqueles que a categoria entende estarem tecnicamente melhor preparados e se destina à auxiliar o secretário na escolha da pessoa que irá ocupar o cargo de diretor de Auditoria Geral.

A votação ocorreu em dois turnos. No primeiro turno, realizado no dia 15 de outubro de 2018, foram definidos os cinco nomes com maior número de votos e, no segundo turno, ocorrido no dia 6 de outubro de 2018, os nomes que compõem a lista tríplice.

A comissão eleitoral do SINDIAUDITORIA tornou público o resultado final da votação em 26 de outubro de 2018. Foram eleitos para compor a lista tríplice os auditores internos Rodrigo Stigger Dutra, Wanderlei Pereira das Neves e Cícero Alessandro Teixeira Barbosa.

sindiauditoria2222
Os auditores internos Rodrigo Stigger Dutra, Wanderlei Pereira das Neves (centro) e Cícero Alessandro Teixeira Barbosa foram eleitos para compor a lista tríplice
Anúncios

Confira o SINDIAUDITORIA EM AÇÃO deste mês

Mais uma edição do informativo do Sindiauditoria acaba de sair, edição especial sobre as atividades da categoria em Santa Catarina.

Neste mês você vai encontrar um material exclusivo sobre:
➡️ Como Santa Catarina economizou R$20 milhões em 2017;
➡️ Os planos do Conaci para 2018 com o presidente Alvaro Fakredin;
➡️ Conheça a auditora interna Gisele Rafaeli;
➡️ CLAI 2018 será no Brasil e curso sobre ouvidoria;

Boa leitura!

Auditor interno, um aliado da sociedade no combate pela qualidade do gasto público

Entre as comemorações do calendário da administração pública, o dia 20 de novembro é dedicado a uma categoria bem específica, que entre suas atividades cotidianas mantém acesa a busca pela efetividade na qualidade do gasto público. Ainda não muito conhecida, a ação do auditor interno segue essencial para garantir o controle interno das contas públicas.

Mesmo que a rotina pareça bastante burocrática, cheia de relatórios, revisões de contrato e editais, inspeções e atendimentos, o foco destes servidores é um só: ser os olhos dos catarinenses. É com este respeito a todos aqueles que pagam seus impostos, que uma equipe de 60 auditores internos trabalha no Poder Executivo estadual para orientar sobre a correta aplicação dos recursos.

“Evitar o gasto inadequado, prevenir os erros, munir os gestores com informações qualificadas para uma tomada de decisão acertada será sempre o caminho mais curto para atingirmos a tão sonhada gestão eficiente”,  esclarece o presidente do Sindiauditoria, Clóvis Squio.

cartao-redes-dia-do-auditor3

Esses servidores, aprovados por concurso público, possuem uma formação superior nas áreas de Administração, Contabilidade, Direito ou Economia. Juntos eles formam uma equipe multidisciplinar, capacitada para orientar sobre como utilizar os mecanismos de controle interno para efetivar as políticas públicas tão importantes para o desenvolvimento econômico e social dos catarinenses.

São diversos projetos e atividades coordenados por esses servidores que, dentro das estruturas do Governo do Estado, procuram antecipar as irregularidades para evitar um estrago maior nos cofres públicos. Para citar um número, entre desembolsos evitados e créditos à ressarcir, a equipe da Diretoria de Auditoria Geral da Secretaria de Estado da Fazenda gerou, só em 2016, uma economia direta de mais de R$ 18 milhões. Valor que pode ser realocado em áreas importantes como saúde, educação e infraestrutura.

“Este Dia do Auditor Interno, que comemoramos hoje em todo País, serve não apenas para ressaltar a figura deste profissional, mas também para nos indicar que, se queremos melhorar a administração pública brasileira, precisamos aprofundar ainda mais as estruturas de controle das nossas instituições e investir no fortalecimento desta carreira”, explica Squio.

cartao-redes-dia-do-auditor

Opinião: Leia o artigo completo do nosso presidente