Santa Catarina dá início à integração dos Sistemas de Controle Interno dos Poderes

A Secretaria de Estado da Fazenda, por intermédio da Diretoria de Auditoria Geral (Diag) promoveu a primeira reunião para a integração dos sistemas de controle interno dos Poderes de Santa Catarina, prevista no artigo 74 da Constituição Federal de 1988. Além dos auditores internos do Poder Executivo Cícero Barbosa, Fabiana Borges, Jaime Klein e Magali Campelli, participaram do encontro os representantes da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (Alesc), Cristiano da Silva e Carlos Monguilhott, do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), Jozelito Cunha, e do Ministério Público Estadual (MPSC), Rubinei Fischer.

Os representantes da Diag apresentaram o Módulo de Controle Interno do Sistema Integrado de Planejamento e Gestão Fiscal (SIGEF) e demais instrumentos de orientação e apoio produzidos com o objetivo de auxiliar os responsáveis pelo controle interno das 109 unidades gestoras do Estado de Santa Catarina. O gerente de Auditoria de Informações Estratégicas e Apoio à Gestão, Marco Lopes, apresentou a ferramenta QlikView, que possibilita a construção de trilhas de auditoria a partir do cruzamento de informações, além de oferecer inúmeras visões para facilitar as atividades do controle interno.

Os controladores dos Poderes e do Ministério Público elogiaram a iniciativa da Auditoria do Estado pela promoção desse primeiro encontro, cujo resultado contribuiu para a criação de uma rede integrada de controle interno em Santa Catarina, com o objetivo de compartilhar, padronizar e disseminar boas práticas de controle. O próximo encontro já está definido para 25 de agosto, no MPSC.

“A atuação predominantemente preventiva do controle interno e a disseminação de boas práticas são os alicerces que instrumentalizam a melhoria contínua dos processos decisórios, e contribuem sobremaneira para a consecução dos objetivos finalísticos da Administração Pública”, considerou a auditora interna do Poder Executivo Fabiana Borges.

Auditoria
A reunião ocorreu na última quarta-feira (22) no prédio da DIAG/SEF  (Foto: Arquivo Pessoal/Divulgação)

Com informações da Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado da Fazenda

Controladoria da Assembleia Legislativa será chefiada por auditores internos de carreira

11022016 - ND - Controladoria Alesc copy

Saiba mais: Criação da Controladoria-Geral da Assembleia Legislativa é oficializada

Campanha “Conselheiro Cidadão” será lançada na Assembleia Legislativa

Representantes dos observatórios sociais, Associação Nacional do Ministério Público de Santa Catarina e do Sindicato dos Auditores Internos do Poder Executivo (Sindiauditoria) estiveram reunidos na manhã desta terça-feira (27) com o presidente interino da Assembleia Legislativa, deputado Padre Pedro Baldissera (PT). O encontro teve o objetivo de divulgar e pedir o apoio do Legislativo para a campanha “Conselheiro Cidadão” que pretende chamar a atenção para o processo de escolha do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina (TCE/SC).

A campanha tem abrangência nacional e já passou por oito estados brasileiros. Em Santa Catarina, o evento de lançamento será no próximo dia 3 de junho, no Plenarinho Deputado Paulo Stuart Wright do Palácio Barriga Verde, às 19 horas.

Para o deputado Padre Pedro, a Assembleia tem os instrumentos legais para tornar efetiva a participação da sociedade. “Temos uma iniciativa, ainda em fase de estudos, do Deputado Sargento Amauri Soares (PSOL), que pretende regulamentar o artigo 61 da Constituição que orienta a escolha dos conselheiros”, esclareceu. Para o parlamentar, o debate é necessário e também é importante que ele venha das bases. “Não dá para trazer esse tipo de mudança de dentro do processo. Ele é relevante, pois vem resgatar a transparência e a participação popular no processo”, resumiu.

Até o próximo ano devem ser abertas de duas a três vagas para o cargo de conselheiro do TCE. A primeira será a do conselheiro Salomão Ribas que deve se aposentar compulsoriamente no próximo dia 15 de junho.

Miriam Zomer/Agência AL

Com informações da Agência Alesc