Conheça o trabalho da Diretoria de Auditoria Geral em Santa Catarina

CGU oferece vagas para curso virtual sobre a Lei de Acesso à Informação

A Controladoria-Geral da União (CGU) promove a 18ª edição do curso virtual “Rumo a uma cultura de acesso à informação: a Lei nº 12.527/2011”. A ação tem por objetivo sensibilizar e capacitar servidores públicos (de todas as esferas e dos três Poderes), independentemente da área de atuação, e cidadãos interessados em conhecer os princípios e as diretrizes da Lei de Acesso à Informação (LAI). As inscrições são gratuitas e podem ser feitas entre os dias 2 a 6 de junho pelo site da Escola Virtual. No total, são oferecidas 1,7 mil vagas.

As aulas serão realizadas na modalidade à distância (via Internet), no período de 11 a 26 de junho, com carga de 10 horas de estudo. O conteúdo programático da capacitação aborda o marco teórico conceitual da LAI; a sua importância e impacto no cotidiano na Administração Pública brasileira; noções sobre cultura de transparência e acesso à informação pública; além de detalhar o conteúdo do próprio normativo legal.

Os inscritos devem ter disponibilidade mínima de uma hora diária para realização das atividades propostas; além de possuir conhecimentos básicos de informática, como navegação em sites e uso de e-mail. Os alunos serão avaliados por meio de questões objetivas online sobre os tópicos estudados. Ao final do curso, recebem certificado de conclusão aqueles que obtiverem, no mínimo, 60% de aproveitamento geral.

Selo_Acesso_Horizontal_JPG

 

Com informações da ASCOM/CGUl

 

Observatórios Sociais de todo Brasil se encontram em Santa Catarina

Começou hoje (27), o 5º Encontro Nacional dos Observatórios Sociais (ENOS), em Balneário Camboriú (SC). Promovido pelo Observatório Social do Brasil (OSB), o evento, que prossegue até sábado (29), reuniu 52 Observatórios Sociais (OS) de nove estados do País. O Sindiauditoria, apoiador da iniciativa, foi representado pelo seu diretor jurídico, Sérgio Augusto Michalczuk, e pelo Auditor Interno do Poder Executivo Jaime Luiz Klein.

Na cerimônia de abertura, o anfitrião do evento, presidente do OS de Balneário Camboriú, Antônio Cotrin, deu boas-vindas aos presentes. “Desejo que durante esse encontro possamos contribuir e adquirir novos conhecimentos”, resumiu.

Na sequência, o presidente da OSB, Ater Cristófoli, defendeu que é necessário fazer o projeto dos observatórios acontecer decididamente. “Precisamos ter foco, embasamento técnico, coragem e persistência para sermos efetivos”, enumerou. Para ele, Educação e Saúde são os principais setores que precisam ser beneficiados com a atividade dos OS.

O ENOS tem por objetivo apresentar as boas práticas dos observatórios, qualificar a metodologia de trabalho e ampliar as estratégias do controle social e da educação para a cidadania.

Termos de cooperação – O evento iniciou com a assinatura de termos de cooperação técnica com a: OAB/SC, propondo orientações jurídicas a respeito de casos mais complexos de licitações e contratos; AulaVox, para dar apoio na comunicação; e a Associação Nacional do Ministério Público de Contas (AMPCON), para a campanha “Conselheiro Cidadão”, projeto que visa estimular a participação de cidadãos nos tribunais de contas e aumentar a transparência.

Programação – A programação seguiu com o painel sobre “Como as empresas podem prevenir a corrupção”. Em seguida, a palestra de Valtuir Pereira Nunes, diretor-geral do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul (TCE-RS), que falou sobre o modelo gaúcho para a organização e disponibilização dos dados das prefeituras para os cidadãos. Logo após, a apresentação do painel sobre “Merenda escolar – procedimentos para os OS”.

Finalizando as atividades do primeiro dia, ocorreu uma oficina de captação de recursos para os OS, ministrada por João Paulo Vergueiro, presidente da Diretoria Executiva da Associação Brasileira de Captadores de Recursos (ABCR).

Para outras informações acesse: www.enos.osbrasil.org.br

Este slideshow necessita de JavaScript.