ODP.Santa Catarina em pauta na gestão municipal

O coordenador do Observatório da Despesa Pública (ODP.Santa Catarina), auditor interno do Poder Executivo Andre Pinheiro de Oliveira, apresentou na tarde desta quarta-feira (5), o funcionamento do sistema ODP.estadual para os residentes participantes do Programa de Residência em Gestão Municipal (PRGM).

A apresentação fez parte do último dia de preparação dos 22 especialistas que irão auxiliar nove prefeitos catarinenses em projetos estratégicos durante os próximos 15 meses e é realizado pela Fundação ENA, em parceria com a  Secretaria de Estado da Fazenda.

Além disso, o ODP.Santa Catarina tem objetivo de implantar a ferramenta também nos municípios catarinenses ainda neste ano.

Andre
Foto: Sarah Berkenbrock Goulart/SEF

ODP.estadual

O Observatório da Despesa Pública é responsável por produzir informações estratégicas que visam apoiar e acelerar a tomada de decisões, por meio do monitoramento dos gastos públicos. O objetivo é contribuir para o aprimoramento do controle interno e funcionar como ferramenta de apoio à gestão pública.

Para reproduzir o modelo de atuação do ODP nos estados brasileiros, a CGU criou o ODP.estadual. Atualmente, a iniciativa conta com a participação de 13 estados: Bahia, Santa Cataria, Alagoas, Ceará, Espirito Santo, Paraná, Pernambuco, Tocantins, Amapá, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Rondônia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s