HubGov: estimular a inovação na administração pública catarinense

O WeGov lançou ontem em Florianópolis o Programa interinstitucional de Inovação em Governo (HubGov), o primeiro coworking do Setor Público do mundo, com o objetivo de ser um espaço de encontro de pessoas com um horizonte em comum, no qual serão apresentados novos métodos de trabalho para a solução de problemas complexos da gestão pública. A equipe que representam a Secretaria de Estado da Fazenda (SEF/SC) escolheu como desafio redesenhar a central de atendimento da instituição durante os próximos seis meses.

Integrante da equipe que representa a SEF/SC, a presidente do Sindiauditoria, auditora interna do Poder Executivo Tatiana Bozza, acredita que esta é uma importante iniciativa que ajuda a transformar o Governo. “É uma honra para mim fazer parte do projeto. A Diretoria de Auditoria Geral busca acompanhar essa transformação, capacitando na medida do possível seus servidores com as ferramentas e as metodologias necessárias para que os auditores internos estejam sempre alinhados com as mudanças que estão em curso”, justificou.

Além da Fazenda, participam deste desafio os Correios, a Secretaria de Estado de Segurança Pública, Secretaria de Estado da Comunicação, Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável, Secretaria de Estado da Saúde, Secretaria de Estado do Planejamento, Prefeitura de Palhoça, Justiça Federal, Assembleia Legislativa de Santa Catarina, CREA-SC e Polícia Militar.

WhatsApp Image 2017-03-22 at 02.23.30

Durante a cerimônia de abertura

“Acredito na parceria entre o setor público e o privado. Um exemplo de sucesso desse tipo de parceria é o espaço onde está construída a Softplan, um dos terrenos do Sapien Park. Para mim, este projeto é prova de que o público e o privado podem se unir para construir e transformar. Os cidadãos esperam que os serviços sejam 100% digitais e esperam que seja assim também com os órgãos públicos”, afirmou Moacir Marafon, fundador da Softplan, ao considerar que o governo do futuro deve estar preparado para as mudanças que estão acontecendo no mundo. “O governo precisa se transformar e essa transformação deve estar apoiada em três pilares: processos, tecnologia e pessoas. Pessoas elevadas a terceira potência, pois processos e tecnologia também dependem de pessoas”, defendeu.

Neste mesmo sentido, o secretário de Estado da Comunicação, João Debiasi, entende que é necessário que o Estado invista cada vez mais em inovação, se ele deseja se tornar mais competitivo. “Nas campanhas que a SECOM desenvolve sobre Santa Catarina sempre afirmamos que somos um estado diferente: onde salários são pagos em dias, não há aumento de impostos, menores taxas desemprego do país,etc. Tudo isso para enaltecer os catarinenses, mas para aumentar ainda mais a sua competitividade o Estado precisa de pessoas inovadoras”, considerou.

Para encerrar os depoimentos da abertura o governador Raimundo Colombo enviou um vídeo gravado especialmente para o evento: “O Estado precisa de harmonia. Precisa somar forças para atender as demandas do cidadão, para quem não importa com que esferas deve tratar, para o cidadão a esfera pública é uma só. São as diversas esferas de governo e poderes que devem buscar a integração para fazer mais e melhor pelos cidadãos. A melhoria da qualidade dos serviços públicos deve ocorrer por meio da atuação conjunta e das parcerias”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s