Ministério da Transparência lança 12ª edição da Revista da CGU

O Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União lança a 12ª edição da Revista da CGU. A publicação traz cinco artigos científicos, distribuídos em três linhas de pesquisa: correição; orçamento, contabilidade e finanças públicas; e controle no Poder Executivo Federal. Os textos são inéditos e resultam de pesquisa independente realizada por servidores do Órgão, professores, estudantes e profissionais de outras entidades.

O Auditor  Interno do Poder Executivo Leandro Morais de Morais é co-autor, junto com Ernesto Fernando Rodrigues Vicente e Gueibi Peres Souza, do artigo “Efeitos da Lei de Responsabilidade Fiscal sobre as despesas públicas do Estado de Santa Catarina: evidências do período 1995-2010 segundo critérios da OCDE“. Neste texto, eles adotam a posição de que as regras fiscais são relevantes e devem ser incorporadas ao processo de análise e discussão do comportamento das finanças públicas, utilizando-se o enfoque da Contabilidade Patrimonial e critérios da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Os artigos publicados foram recebidos e aceitos pelos pareceristas da Revista no primeiro semestre de 2016. Os estudos abordam os seguintes temas: “Marco normativo anticorrupção para empresas: desafios para implantação de compliance”; “Reconhecimento de haveres e obrigações a longo prazo decorrentes da contagem recíproca de tempo de contribuição”; “Efeitos da lei de responsabilidade fiscal sobre as despesas públicas do estado de Santa Catarina: evidências do período 1995-2010 segundo critérios da OCDE”; “Modelo organizacional do controle interno do Poder Executivo Federal: uma breve análise das propostas de emenda à Constituição em trâmite no Congresso Nacional”; e “Combate à corrupção e aprimoramento da gestão: a dualidade do controle interno no Brasil”.

Próxima edição

O Ministério da Transparência recebe, até o dia 31 de outubro de 2016, artigos para integrar a 13 ª edição da Revista da CGU. Para participar, os interessados devem efetuar cadastro e realizar upload do artigo. Podem participar servidores do Ministério, assim como pesquisadores brasileiros ou estrangeiros, estudantes e profissionais de outras entidades.

Os textos devem ter entre 10 e 25 páginas e seguir as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). São permitidos, no máximo, cinco autores por artigo.

Clique para ler!

Com informações do portal da MTFC

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s