Auditores internos participaram do Encontro Nacional do CONACI no Rio de Janeiro

Representando a Secretaria de Estado da Fazenda, os Auditores Internos do Poder Executivo Frederico da Luz e Cristiano Socas participam do X Encontro Nacional de Controle Interno do CONACI no Rio de Janeiro, no dias 20 e 21 de agosto. Com o tema “Controle Interno da Administração Pública e Estratégias Anticorrupção”, o encontro é a oportunidade que os Estados, bem como a União, têm de trocarem informações sobre as tendências e rumos do controle interno, uma primordial função do Estado em dias em que a correta gestão do dinheiro é uma preocupação constante.

A abertura contou com a presença de autoridades, como Gustavo Ungaro, presidente do Conaci e da Corregedoria Geral da Administração do Estado de São Paulo (CGA/SP); Sérgio Ruy Barbosa, secretário da Fazenda do Estado do Rio de Janeiro; José Eduardo Gussem, subprocurador geral de Justiça do Estado do Rio de Janeiro; Jorge Cheidek, coordenador-residente do Sistema Nações Unidas no Brasil e representante-residente do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento no Brasil (PNUD); Valmir Gomes Dias, chefe-adjunto da Regional da Controladoria Geral da União no Estado do Rio de Janeiro; e Antônio Cesar Lins Cavalcanti, controlador-geral do Município do Rio de Janeiro.

Dando as boas-vindas aos presentes, Antônio Cesar, anfitrião do encontro, agradeceu ao Conaci pela oportunidade de trazer ao Estado o fórum de discussões de temas de controle interno, ressaltando que particularmente o município, na figura do prefeito, se mostrou um entusiasta da iniciativa. Destacou ainda o fato da programação ter sido cuidadosamente preparada para a ocasião. “Vivemos um momento particularmente especial no país, cujo cenário é de uma sociedade mais ativa. Por isso, precisamos aproveitar o momento para propiciar a troca de informações e de conhecimento, investindo nos órgãos e na criação de carreiras na área, fortalecendo o controle interno. O objetivo é auxiliar a sociedade a ter melhores serviços e possibilitar um maior combate à corrupção”.

Em seguida, o secretário da Fazenda do Estado do Rio, Sérgio Ruy Barbosa, deu início a sua fala abordando a relevância do evento para a implementação de parcerias estratégicas visando à indução de eficácia e eficiência na gestão pública. “O Conaci representa esse arranjo, fundamental para respondermos à sociedade no que ela precisa. E o nosso papel como gestores públicos é corresponder a essa expectativa. Afinal, o principal elemento para inibir práticas contra a corrupção é a participação qualificada da sociedade civil, desde que ela esteja apoiada pelas informações fornecidas de forma transparente pelas instituições”, reiterou.

Finalizando a abertura, o presidente do Conaci e da Corregedoria Geral da Administração do Estado de São Paulo (CGA/SP), Gustavo Úngaro, deu novas boas-vindas aos presentes e ressaltou o fato de o encontro marcar a primeira década dessa mobilização com a presença relevante de mais de 500 participantes de todo o país. “O momento é especialmente oportuno, afinal urge a tomada de consciência e a mobilização ante a persistência da desigualdade e de injustiças que turvam o horizonte das novas gerações”, observou, acrescentando que passa da hora do Congresso Nacional fazer consignar no texto supremo que o controle interno situa-se como função essencial da Administração Pública, cujas atividades devem ser desempenhadas por profissionais preparados, bem selecionados e respaldados por carreiras técnicas.

O segundo dia do evento teve início com a palestra sobre “Lei de Acesso à Informação e Lei Anticorrupção, novas tarefas ao controle interno”, com a participação do secretário executivo da Controladoria Geral da União, Carlos Higino de Alencar, do professor da Fundação Getúlio Vargas do Rio de Janeiro, Robert Gregory Michener, e do auditor geral do Estado do Rio de Janeiro, Eugênio Machado, como coordenador da mesa.

Fechando as atividades do encontro, o painel “Articulação internacional por controle e transparência” reuniu o vice-consul geral adjunto do Reino Unido no Brasil, Matt Woods, a representante oficial do Programa das Nações Unidas para o desenvolvimento (PNUD), Erica Massimo Machado, a especialista em Gerenciamento Financeiro do Banco Mundial, Maria João Kaizeler, além do secretário municipal de Controle Interno de Maceió, Fellipe Mamede, como coordenador da mesa.

O Controle Interno de Santa Catarina é referência em muitos trabalhos já replicados para diversos entes da federação, esse tipo de evento é essencial para que as melhores práticas de trabalhos sejam compartilhadas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Com informações Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado da Fazenda e do CONACI

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s