Tarefa árdua

 Assim que desembarcar hoje de mais uma viagem internacional o governador Raimundo Colombo receberá dois estudos que estão sendo feitos no seu governo. Um deles trata do “Plano Diretor” da Celesc que vai remodelar a empresa para os próximos 20 anos, onde a geração passará a ter peso menor e a distribuição e transmissão maiores. Uma forma de fortalecer a estatal que enfrentou uma mexida administrativa e recuperação financeira. Nessa avaliação está também a participação a Celesc em 100% do território catarinense, inclusive, no atendimento ao Sul do Estado onde predominam as cooperativas de energia elétrica. Outro estudo trata da reestruturação do Estado. Esse atinge diretamente o colegiado. Um grupo de notáveis do governo Colombo, coordenador por Antonio Gavazzoni, organizou e situou a máquina pública dentro das metas e projetos do governador, e porque não dizer também das suas ansiedades. Tornar o governo, por vezes paquidérmico, mais eficiente e ágil e colocar pessoas chaves em locais chaves. Ou seja, neste período o governador estará pensando em nomes para formação do colegiado. Me foi dito que até o dia 15 de dezembro tudo que surgir não passará de especulação, a partir daí é que o governador começará a estabelecer os novos colaboradores, além, de remanejamentos. Ou seja, neste espaço de tempo, certamente, aparecera de tudo um pouco.

 

Fonte: Paulo Alceu

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s