Nova gestão do Badesc comemora resultados

O Badesc, agência de financiamento de investimentos do Governo de Santa Catarina, apresentou avanços em 2019. O banco obteve lucro líquido de R$ 44,5 milhões, 51,2% mais que o do ano anterior, reduziu despesas administrativas em 25% e elevou em 8,3% a carteira de crédito. Para 2020, o objetivo é ampliar a liberação de crédito, incluindo recursos internacionais porque o Badesc obteve avaliação de risco por agência internacional, a Fitch. O auditor interno do Estado Cristiano Socas da Silva integra a atual gestão da instituição e comemora esses resultados. Atualmente no cargo de diretor de Operações, Socas passou pela Secretaria da Fazenda onde atuou como assessor do diretor de Auditoria Geral e foi também o primeiro Controlador-Geral da Alesc.

Para apresentar os resultado da nova equipe técnica, o diretor-presidente Eduardo Alexandre Machado concedeu recentemente uma entrevista para a jornalista Estela Benetti (NSC Total), para qual ele fez um balanço dos resultados gerais do banco e comentou ainda sobre recursos internacionais, inadimplência, oferta de recursos e programa Juro Zero.

Leia a entrevista na íntegra, clicando aqui

absolutvision-WYd_PkCa1BY-unsplash

Garantir o trabalho de Auditoria Interna em todo Estado é indispensável no combate à corrupção

No Poder Executivo, os Auditores Internos orientam a boa gestão dos recursos públicos. Esses servidores de carreira são responsáveis em verificar se os gestores públicos trabalham em conformidade com a legislação, ou seja, eles investigam para reduzir os gastos públicos, evitando desperdícios, desvio de recursos, superfaturamento em obras, inadequada prestação dos serviços e contratações irregulares.

A operação realizada em sete hospitais estaduais para verificar a execução dos contratos de lavanderia é um exemplo do trabalho realizado. O objetivo foi avaliar o cumprimento do contrato, pois este é um serviço importante para o bom funcionamento de um hospital. Anualmente, sua manutenção demanda um investimento de cerca de R$ 23 milhões para todo o Estado. Por isso, em parceria com o Imetro/SC, a primeira conferência realizada foi nas balanças, já que o serviço é pago de acordo com o peso das roupas e enxovais. Para conferir a prestação do serviço, as equipes de Auditores Internos deslocaram-se todos os dias em quatro diferentes horários aos hospitais selecionados.

florianopolis_-_cge_realiza_auditoria_nos_hospitais_de_sc_20190908_1535958175
(Foto: Julio Cavalheiro / Secom)

Este é um trabalho indispensável para o desenvolvimento de mais ações e programas governamentais que a sociedade necessita. “Para que ele continue trazendo resultados para todos os catarinenses no combate à corrupção, no entanto, é importante que esses servidores tenham autonomia para se deslocarem de forma ágil e eficiente em todo Estado”, explica o presidente do Sindiauditoria, Rodrigo Stigger Dutra. A entidade segue defendendo a necessidade de boas condições de trabalho, justamente porque entende que essa atividade é essencial para garantir que o dinheiro arrecado pelo Estado seja aplicado de maneira correta e eficiente, evitando a corrupção.

Os Auditores Internos formam uma equipe multidisciplinar, capacitada para orientar sobre como utilizar os mecanismos de controle interno para aprimorar a execução de políticas públicas importantes para o desenvolvimento econômico e social. E mesmo que a rotina pareça bastante burocrática, cheia de relatórios, revisões de contrato e editais, inspeções e atendimentos, o foco destes servidores é um só: ser os olhos e braços dos catarinenses para prevenir e combater a corrupção em todo o território catarinense.

Desejamos um feliz Dia das Mulheres para todas! 👩‍🏫👩‍💻👩‍🔬👩‍🚀👩‍✈🦸‍♀🧙‍♀👸👩‍⚕👩‍🎨

mulheres-2020